Os Atributos de Deus

A oniciência de Deus

Por Claudinei Greguer - Operador de Máquinas 17/02/2020 - 12:44 hs
Os Atributos de Deus
Imagem da Internet

OS ATRIBUTOS DE DEUS
(A onisciência de Deus)

"Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me assento e quando me levanto; de longe penetras os meus pensamentos". (Sl 139.1,2).

Quando falamos em sondar e conhecer, estes dois verbos importantes nos levam a admitir um dos principais atributos de Deus, a oniciência. É através dela que Deus conhece todas as coisas. A mente divina detém todo conhecimento.
A palavra oniciência é a junção de duas palavras latinas: Ominis (tudo) e Scire (saber). Logo onisciência, significa "saber tudo". Não tem nada que lhe seja oculto. Nosso conhecimento (humano) é gradual e cumulativo e, por mais que cresça, é limitado, como vemos a seguir"

"E se alguém julga saber alguma coisa, com efeito, não aprendeu ainda como convém saber". (1Co 8.2).

O conhecimento de Deus é pleno e permanente e não está sujeito a fator de risco algum.
A onisciência divina é atemporal. Deus conhece o presente, o passado e o futuro. Deus é capaz de ver as coisas do futuro como se já houvessem ocorrido, como vemos a seguir:

"... que desde o princípio anúncio o que há de acontecer e desde a antiguidade, as coisas que ainda não sucederam; que digo: o meu conselho permanecerá de pé, farei toda a minha vontade". (Os 46.10).

Apesar de a Bíblia não usar o adjetivo onisciente, ela nos diz que os olhos do Senhor estão em toda parte, ou seja, nada escapa de seu conhecimento, como vemos a seguir:

"O Senhor olha dos céus; vê todos os filhos dos homens; do lugar de sua morada, observa todos os moradores da terra, Ele, que forma o coração de todos eles, que contempla todas as suas obras". (Sl 33.13-15).

"Pois tu formaste o meu interior, tu me teceste no seio de minha mãe. Graças te dou, visto que por modo assombrosa mente maravilhoso me formaste; as tuas obras são admiráveis, e a minha alma o sabe muito bem. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda". (Sl 139. 13-16).

"Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons". (Pv 15.3).

"Porque os meus olhos estão sobre todos os seus caminhos; ninguém se esconde diante de mim, nem se encobre as suas iniquidades aos meus olhos". (Jr 16.17).

Deus sonda os pensamentos e as intenções do coração do homem, como vemos a seguir:

"Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações". (Jr 17.10).

Deus conhece exaustivamente o futuro, tanto quanto o passado e o presente.
A onisciência é um dos atributos incomunicáveis de Deus, ou seja, apenas Ele é quem é verdadeiramente onisciente. Qualquer outro ser que advoga para si a condição da onisciência é mentiroso e enganador.
Portanto, homem algum, nem mesmo os anjos do Senhor, nem Satanás e os demônios, possuem onisciência.
As Escrituras dizem que o conhecimento de Deus é eterno, incompreensível e sua sabedoria infinita, como vemos a seguir:

"Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem pois conheceu a mente do Senhor? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente! Amém. ( Rm 11.33-36).

Falei aqui um pouco da onisciência de Deus. Semana que vem se Deus permitir estarei falando da onipotência de Deus. Que seja feita a sua vontade.

Um forte abraço!
Deus abençoe à todos!